Projeto de Lei 668/2019, foi suspenso

Deputado estadual Elizeu Nascimento

Existe um ditado popular, que diz “água mole em pedra dura tanto bate até que fura” é uma grande verdade e de importância singular em nossas vidas, pois a persistência ao longo do tempo sobre determinado comportamento ou situação, torna-se responsável, pelo sucesso ou fracasso de alguém.

Fui eleito deputado estadual pela Democracia Cristã (DC) com o número 27.190 obtendo uma votação expressiva 21.347 votos, para legislar seguindo sempre essa máxima, que marcou a minha vida desde o momento em que entrei na vida pública. Ajudando e batalhando incansavelmente pelo bairro que me adotou o Altos da Serra, assim como outros bairros da capital, que representam minha trajetória de vida,  sempre marcada  por luta e determinação.

Pode parecer clichê, porém essa frase sempre foi minha máxima de vida, “água mole em pedra dura tanto bate até que fura”.

Foi assim quando abraçamos com unhas e dentes o enfrentamento, visando derrubar ou suspender a PL 668/2019, projeto de lei denominado “Cota zero”, que proibiria o abate e transporte de peixes   nos rios de Mato Grosso pelo período de 5 anos, a partir de janeiro de 2020.

A luta e determinação para corrigir esta ação intempestiva por parte do governo do Estado contou também  com o trabalho hercúleo de muitos, entre os quais a senhora Nilma Silva, Representante da Associação dos Lojistas, em artigos de pesca, além Letícia Nunes e Márcia Amorim que lutaram incansavelmente contra esse projeto desagregador.

Na manhã 14 de novembro foi publicada no diário oficial a suspensão do cronograma de votação do Projeto de Lei 668/2019, de autoria do governo do estado, denominado “Cota Zero”.

Desde o início do ano venho lutando veementemente contra   à aprovação desse projeto. Presidi diversas audiências públicas na capital e no interior do Estado, para ouvir a opinião da população a respeito do tema em questão “Cota Zero”.

Durante minhas andanças e reuniões senti o clamor e medo da população, no que diz respeito, às possíveis implicações e quais seriam as impactações dessa medida que entre outras coisas, poderia aumentar sobremaneira   o desemprego e afetaria diretamente a cadeia produtiva ligada à pesca, principalmente, no tocante a  população mais carente do Estado.

Os governantes não podem aprovar leis sem antes ouvir a população. Esse é o projeto do desemprego e consequentemente da fome e  miséria.

Sou de origem humilde, sei muito bem como é triste e humilhante, não ter como sustentar sua própria família.

Em função disso, não medi esforços no sentido de lutar veementemente contra esse projeto, desagregador e desconexo. Fui todo tempo solidário a esses homens e mulheres, que têm na pesca sua única alternativa de levar o sustento para seus familiares.

O cair é dos homens, o levantar é de Deus!

Elizeu Nascimento é deputado estatual

Compartilhe este post!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤ por go7.site