Moradores de Nova Maringá em MT, realizou uma audiência pública nesta sexta-feira (06) para debater a má prestação dos serviços da Energisa

Foto Eliel Tenório

Uma audiência pública foi realizada na noite desta sexta-feira (06) na Câmara Municipal da cidade de Nova Maringá, em Mato Grosso, para discutir os aumentos nas contas de energia elétrica. O presidente da CPI da Energisa deputado estadual Elizeu Nascimento (DC) participou do debate. A CPI está sendo realizada na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT).

O deputado Elizeu Nascimento tem ido a vários municípios de Mato Grosso ouvir a população. “Tenho ido nas cidades mato-grossense, participando de audiências pública, acredito que essa é uma oportunidade ímpar para ouvir a voz da população, tenho observado que é unanime a insatisfação dos consumidores em relação aos serviços prestados pela Energisa”, expôs o deputado.

“Peço a união da população estamos preocupados com a população, queremos saber o que realmente está acontecendo, porque chega de pagar, pagar contas altas, somos consumidores e queremos nossos direitos. Pedimos ao deputado que está à frente da CPI que nos ajude, acreditamos que vamos ter uma resposta”, disse o vereador Jean Carlos.

O vereador Paulo da Silva durante sua fala fez um resumo da sua conta de luz. “Fiz um resumo do meu talão de energia, analisando o consumo de energia está 30% do valor que pagamos em média 43% é só de imposto,33% ICMS, 10% taxa de iluminação pública e os 27% são tarifas que a Energisa cobra. Fica aqui nosso apelo”, ressalto o vereador.

“É inadmissível que um consumidor que ganha um salário mínimo ou que está desempregado pague pela cobrança abusiva que a Energisa tem cobrado, tem muitas pessoas passando por dificuldades, por ter que pagar altas valores nas suas contas de energia”, enfatizou o presidente da CPI.

Durante a audiência pública os moradores do Município de Nova Maringá tiveram a oportunidade de relatar os problemas que cada um tem vivenciado com a Empresa prestadora de energia elétrica.

“ Tenho sofrido muito, desde que a Energisa assumiu o compromisso de distribuir energia em Mato Grosso, a minha conta de energia todo mês oscila, estou indignado com que está acontecendo.  A falta de energia tem causa muito prejuízos, aos empresários da nossa região, nós não aguentamos mais. Essa empresa cobra tanto e dá um péssimo atendimento, isso é um desrespeito com a população”, falou o empresário e morador Oscar.

“Estamos com problema sério, qualquer coisa que acontece acaba a energia, ligo no 0800 da Energisa para registrar a reclamação, e no fim demoram até 7 horas para voltar a luz. Eu trabalho com leite, o leite é um derivado que não pode aumentar a temperatura, quando aumenta a temperatura multiplicas as bactérias e acabo perdendo todo o produto. Essa semana as quedas foram frequentes. Faço um apelo para o deputado, nós ajuda”, relatou o morador Gervasio.

“Quero deixar aqui registrada minha reclamação, minha conta vinha R$80 foi para R$300, não tenho ar condicionado,  tenho poucos eletrodomésticos, fui reclamar na Energisa eles me disseram que não podiam fazer nada”, manifestou a moradora Cristina.

“A Energisa aumento mais de 10%, o que justifica esse aumento abusivo. A Energisa teve lucro líquido em 2018 de mais de R$1 bilhão. Em 2018 nós ficamos 21 dias com obras parada, sem energia, teve dia que jogamos o joelho no chão e pedimos a Deus para energia voltar, porque o pessoal estava tudo parado, com contrato e projetos para pagar. Pagamos várias taxas e impostos, nosso município está sendo prejudicado pela Energisa. O que percebemos é a falta de respeito com o consumidor”, narrou Claudinei Freitas, representando a FIEMT.

“Nós temos um relógio especificamente para o Posto Comunitário no mês 10 a conta veio R$ 190,00 reais no mês 11 veio R$ 1.270,00 reais,  alguma coisa está errada”, proferiu o morador Ezequiel.

“Iremos investigar com seriedade o porquê desse aumento abusivo”, finalizou Elizeu Nascimento.

Compartilhe este post!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤ por go7.site