Em audiência, população cobra melhoras no atendimento da Energisa

Foto Eliel Tenório
População e representantes da sociedade civil organizada criticaram o atendimento da Energisa, concessionária responsável pelos serviços de energia elétrica em Mato Grosso, durante audiência pública realizada pela Câmara Municipal de Nova Mutum, na noite desta sexta-feira (18). No debate, convocado pelo o vice-presidente da Câmara Municipal vereador Cristiano Bicô, participou também o deputado estadual Elizeu Nascimento (DC) atual presidente da CPI da Energisa na Assembleia Legislativa de Mato Grosso, os participantes ainda cobraram melhorias no atendimento aos usuários e esclarecimentos pelo aumento nas contas de energia elétrica.

O vereador Cristiano Bicô requerente da Audiência Pública fez a abertura do evento apresentando um abaixo assinado, assinado por mais de 5mil moradores da cidade de Nova Mutum, todos pedindo uma solução para os valores abusivo das contas de energia elétrica. “Fizemos um trabalho de rua onde ouvimos a população do nosso município, chega de pagar energia cara, todos contra o aumento abusivo, declarou Bicô.

Nós precisamos da atenção da Energisa, eu vivo com um salário mínimo e tenho que pagar todas minhas contas, já fiz empréstimo e minha conta de energia está vindo muito cara, estou confiando no deputado na condução dessa CPI, disse Sirico morador antigo do município.

 Tenho observado todas as taxas cobrada na minha conta, que não tem nada a ver com o que eu realmente gasto, eu estou aqui indignado com os serviços que a Energisa tem prestado, o senhor deputado é uma peça fundamental para ajudar a população que está sofrendo com essa empresa, expressou Wagmar empresário na cidade de Nova Mutum.

E vergonhoso uma energia tão cara como essa que está vindo em nossas casas, passo o dia trabalhando e minha conta veio altíssima, deputado esse é um clamor de toda uma sociedade, estamos cansados do descaso da Energisa precisamos que o senhor interceda por nós, manifestou Júlio Cezar Funcionário Municipal.

Estamos aqui reivindicando nossos direitos, esse aumento abusivo nas contas de energia. Eu estive na Energisa pedindo para que eles fossem até minha residência verificar meu relógio, e eles não aparecerão na minha casa, essa empresa não respeita o cidadão. Eu achei um descaso muito grande, narrou Fatima agente de Saúde.

Edclay Coelho presidente da União das Câmaras Municipais de Mato Grosso (Ucmmat) em seu discurso pede respeito a população e repudia Energisa. “O que vai sustentar esse trabalho é a força o trabalho é a participação de toda sociedade mato-grossense. A união das Câmaras vai estar do seu lado nessa luta deputado, nossa sociedade clama por respeito, a Energisa vem prestando um desserviço. A união das Câmaras já se mobilizou e todas as Câmaras dos municípios do Estado de Mato Grosso com a nossa representatividade irão apresentar uma moção de repudio para essa empresa”, explicou Edclay.

 Eu confio no seu trabalho Elizeu e agora como presidente da CPI estamos confiantes que vamos ter um resultado positivo, nós cidadão temos que entender que essa é uma luta que não vai ser resolvido do dia para a noite que essa é uma caminhada longa e pode contar com todos de Nova Mutum, expôs Leandro Felix vice-prefeito da cidade.

Tamanho o número de reclamações contra a empresa, a Assembleia Legislativa de Mato Grosso instaurou, no segundo semestre, uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para apurar irregularidades e abusos na prestação dos serviços. Para o deputado estadual Elizeu Nascimento, presidente da CPI, a concessionária deve melhorar a relação com seus clientes.

“Tenho escutado clamores de pessoas desempregadas, cidadão que tem um ventilador uma geladeira dentro de casa e paga R$ 100 a R$ 200 de energia. A Energisa detém o monopólio, aqui não tem concorrência. Isso não teria problemas, desde que a Energisa desse o retorno de um atendimento respeitoso, igualitário e respostas às nossas reclamações, mais não é o que tem acontecido. Essa audiência não é só para reclamar da conta de luz. A reclamação é a falta de comunicação que esta empresa tem conosco. Hoje pude ver nessa audiência o clamor da população através dos vereadores de vários municípios do Estado que me procuraram com vários baixos assinados, isso mostra o descaço da empresa que fornece energia elétrica a população mato-grossense”, apontou o deputado.

A Energisa foi convidada para participar da audiência pública, mas a empresa encaminhou um oficio justificando a ausência dizendo, que lamenta não poder atender o convite e que os assuntos já vêm sendo respondido no âmbito estadual.

Compartilhe este post!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤ por go7.site