Elizeu vota contra veto do governo a auxilio de R$ 1,1 mil para professores  

O governo de MT não concorda em pagar o auxílio de R$ 1,1 mil para os professores interinos 

O voto do deputado estadual Elizeu Nascimento (DC), contribuiu para  derrubar o veto do governador Mauro Mendes (DEM) ao auxílio emergencial de R$ 1,1 mil aos professores interinos e contratados das escolas públicas estaduais, em sessão desta segunda-feira (22) na Assembleia Legislativa de Mato Grosso.  

Com 16 votos sim e cinco contrários, os deputados derrubaram o Veto 45/2020, do governo do estado, contrário ao projeto de lei 365/20 que estabelece provimento de renda mínima para professores interinos. 

Para justificar o não pagamento do auxilio emergencial, Mauro Mendes alegou que a medida é inconstitucional, por interferir na organização administrativa de órgão da administração pública estadual e invasão da competência privativa.   

“Alguns governantes estão criando maneiras de ajudar as pessoas, que estão passando necessidades e até fome, como no caso do auxílio para feirantes, ambulantes e outros, e é, mais do que justo que os professores interinos também recebam algum tipo de auxilio”, defende o parlamentar. 

 

Por Gabriela Von Eye 

Compartilhe este post!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️