Elizeu critica pedido de vista e morosidade para solucionar problema de Manso

O projeto de Elizeu teve parecer favorável da Comissão de Meio Ambiente da Assembleia Legislativa e foi aprovado de forma unânime na primeira votação

O deputado estadual Elizeu Nascimento (PL) criticou na manhã desta quarta-feira (23), o pedido de vista feito pelo deputado estadual Dilmar Dal Bosco (UB), no projeto que cria o Programa de Peixamento na Barragem da Usina Hidrelétrica do Manso, em Mato Grosso, para equilibrar as espécies de peixe no local e reduzir a população de piranhas.

Elizeu é autor do projeto 717/2021 que prevê o povoamento do Lago de Manso com Dourado e outras espécies que habitam a bacia da região do lago. O projeto é um pedido antigo de moradores que estão sofrendo com os constantes ataques de piranhas no lago, e com isso, tem afastado turistas e banhistas do local.

O parlamentar se reuniu com pescadores, moradores e turistas que frequentam o local e criou o projeto que teve voto favorável da Comissão de Meio Ambiente da Assembleia Legislativa. Na primeira votação, o PL foi aprovado de forma unânime, porém, nesta quarta-feira, Elizeu foi surpreendido com o pedido de vistas feito por Dilmar.

“Fizemos todo um trabalho para que pudéssemos apresentar um projeto de lei aqui na Assembleia Legislativa buscando que Furnas cumpra e arque com os compromissos e também seja penalizada em caso de continuidade dessa omissão. Esse projeto não existe vício de iniciativa e ao ser pautado para a segunda votação no dia de hoje, o projeto não será colocado em votação porque o deputado Dilmar Dal Bosco pediu vistas. Esse pedido de vistas do deputado Dilmar vem a contribuir com os ataques de piranhas dentro do Lago do Manso, e infelizmente essa é a realidade”, disse o deputado.

Antes do pedido de vistas, Elizeu questionou o motivo de Dilmar retirar a votação na sessão desta quarta-feira. Dilmar apenas argumentou que não leu o projeto. Um clima tenso foi presenciado, pois o deputado Elizeu busca uma solução célere para a resolução do problema no lago, enquanto vê a morosidade de Dilmar.

Elizeu inclusive esteve reunido com representantes deFurnas em uma reunião que aconteceu na segunda-feira (21), onde se colocou à disposição de discutir uma solução em conjunto com a empresa que se mostrou apta a acatar a lei proposta por Elizeu.

Com o adiamento da votação, o projeto de lei deve entrar em pauta somente no próximo dia 09 de março e o problema dos moradores e turistas ainda deve continuar por um tempo.

Além de Elizeu Nascimento, ainda assina o PL 717/2021 a deputada estadual Janaina Riva (MDB).

 

Compartilhe este post!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Com muito ❤ por go7.site