Deputados derrubam veto e motopatrulhamento da PMMT passam a ter identidade própria

O projeto de Lei Complementar inclui o CAR nas Forças Especializadas

Foto Eliel Tenório

Durante a sessão plenária matutina da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), desta quarta-feira (27), foi derrubado o veto do governo, por 15 a 04, ao projeto de lei complementar (PLC) Nº 14/19, que dispõe sobre a estrutura e organização básica da Polícia Militar do estado, ampliando o Comando de Ação Rápida (CAR) mais conhecido como motopatrulhamento.

O Projeto de Lei Complementar é de autoria do deputado estadual Elizeu Nascimento (DC), conforme o parlamentar criado em 1999, o CAR, tem como objetivo diminuir o tempo-resposta para atendimento de ocorrência, além de atuar no policiamento de áreas remotas e diminuir o tempo no atendimento de ocorrências policiais.

Este PLC é de regulamentação do motopatrulhamento, que atualmente tem atuado na capital e nos municípios de Várzea Grande, Sinop, Rondonópolis, Barra do Garças, Cáceres, Tangará da Serra e Juína.

“É importante dar continuidade a uma experiência que se mostrou muito bem-sucedida na capital, expandindo-a para o interior do estado. O motopatrulhamento tem realizado um brilhante trabalho, por esse motivo é importante regulamentar, da identidade a esses homens e mulheres que diariamente arriscam suas vidas”, enfatizou Elizeu.

Compartilhe este post!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️