Deputado faz indicação em benefício de moradores de zona rural em Chapada dos Guimarães

Há cerca de três meses, a balsa que fazia o traslado dos moradores no entorno do rio da Casca afundou.

Foto: CASTRIEL DE ARAUJO JUNIOR

 

No dia 14 de agosto, o deputado Elizeu Nascimento (DC) apresentou a indicação de nº  3498/2019 na Assembleia Legislativa de Mato Grosso, solicitando à Secretaria de Estado de Infraestrutura, extensivo à prefeitura municipal de Chapada dos Guimarães, providências para o conserto de uma balsa que se encontra submergida no rio da Casca.

Os moradores das comunidades rurais Água Branca e João Carro, localizadas em Chapada dos Guimarães (cerca de 60 km de Cuiabá, capital de Mato Grosso) estão há três meses com dificuldades para chegar e sair da localidade (cerca de 125 km de Cuiabá).

O presidente da comunidade, Veraldino Teodoro de Sousa, conta que, desde o início de junho, a balsa que fazia o traslado dos moradores apresentou um pequeno problema e não foi consertado e, por isso, acabou afundando. Desde então, as mais de 60 famílias que moram nas comunidades e outras pessoas que vivem nas proximidades estão tendo muita dificuldade para sair ou chegar na localidade, pois perderam o meio de transporte que oferecia o acesso mais fácil até o local.

Ele ainda explica que já procurou por diversas vezes a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística  (Sinfra), órgão responsável pela embarcação, mas até o momento ninguém tomou providências para resolver o problema.

“Estamos praticamente ilhados na comunidade. A maioria dos moradores tem que contar com a boa vontade dos fazendeiros que possuem barcos ou contornar o rio da Casca, percorrendo um trajeto por mais de 170 km para chegar ao destino, e fazendo a travessia pela balsa são apenas 60 km. Além disso, não temos posto de saúde, ou seja, estamos em uma situação muito difícil”, lamenta o presidente da comunidade.

“Após tomar conhecimento do problema enfrentado pelos moradores, apresentei uma indicação, solicitando o conserto na embarcação ou até mesmo a aquisição de uma nova balsa para atender a comunidade, se o reparo não puder ser feito. Além disso, enviei assessores até a localidade para se inteirar sobre o assunto e também na Sinfra em busca de solução para o ocorrido”, explicou Elizeu Nascimento.

Os assessores estiveram com o secretário de Infraestrutura e Logística do Estado de Mato Grosso, Huggo Waterson Lima dos Santos, que justificou a lentidão na solução do problema, dizendo que foi realizada uma licitação para a execução do conserto, mas que, em um prazo de 40 dias, a embarcação passará por reparos.

Fonte: GABRIELA BOMDESPACHO VON EYE / Gabinete do deputado Elizeu Nascimento

Compartilhe este post!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤ por go7.site