Deputado Elizeu Nascimento esteve na inauguração do consultório psicológico no 3º Batalhão da Polícia Militar

foto Eliel Tenório

Atuar como “policial militar” está entre as atividades mais perigosas do país. Devido aos riscos da profissão, os militares acabam desenvolvendo problemas psicológicos e isso pode evoluir para casos mais extremos, como suicídio. A constatação foi feita pela Diretoria de Saúde da Polícia Militar de Mato Grosso.

Para tentar amenizar essa situação atual nesta terça-feira (24), o presidente da Comissão da Segurança Pública e Comunitária da Assembleia Legislativa (ALMT) sargento deputado estadual Elizeu Nascimento (DC) esteve na inauguração do Consultório Psicológico no 3º Batalhão da Polícia Militar, com sede no CPA IV.

O 3º BPM é a primeira unidade operacional a ter consultório de atendimento psicológico exclusivo. A assistência psicológica também é ofertado nas unidades de formação policial, que são na Academia Costa Verde, em Várzea Grande, e a Escola de Formação de Praças (Esfap), em Cuiabá. Em cada escola há um psicólogo.

O consultório que está sendo inaugurado, faz parte de um projeto de descentralização dos serviços de assistência social e psicológica prestados aos policiais militares mato-grossenses.

O deputado Nascimento conto um pouco da sua experiência na época que passou por problema com alcoolismo enquanto atuava na polícia e ainda pediu para que os policiais não tenham vergonha de pedirem ajuda quando estiverem abalados psicologicamente. “ Há 14 anos atrás estive no fundo do poço, dispus de adversidades com alcoolismo, que me gerou vários problemas. Na época não tínhamos assistência psicológico dentro da PM mais graças as orações dos meus pais, Deus me abençoou com a cura dessa triste doença. Meus irmãos de farda eu sou prova viva de que todos nós conseguimos superar e seguir a vida. Peço a todos, se os senhores estiverem passando por algum problema, não tenham vergonha procure ajuda. Farei o possível como deputado para que cada unidade e CR militar da capital tenha uma sala de atendimento com psicólogo como essa inaugurada hoje. Parabéns ao tenente-coronel Fernando Augustinho comandante do 3º batalhão e a sargento Jaqueline pela iniciativa, disse o parlamentar.

O comandante, Ten Cel tenente-coronel Fernando Augustinho do 3º BPM destaca que é importante cuidar do psicológico dos policiais militares. “Quando investimos no ser humano, homens e mulher que veste a farda, nós investimos na qualidade dos serviços que são prestados para a população. Nós temos que nos preocuparmos com a saúde mental dos nossos policiais, para garantir que esses profissionais possam atender as demandas apresentadas pela sociedade com qualidade de vida, destacou o comandante.

Compartilhe este post!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤ por go7.site