Covid-19: Elizeu Nascimento cobra informações do Governo sobre prevenção à profissionais da Segurança Pública

Até a data de hoje a SESP não havia disponibilizado nenhum teste do COVID-19 aos servidores da Segurança Pública

Foto: Eliel Tenório

O deputado estadual Elizeu Nascimento (DC), representante do funcionalismo público e da Segurança Pública na Assembleia Legislativa de Mato Grosso, tem feito inúmeras cobranças, através de indicações, requerimentos e ofícios. O parlamentar pediu, nestes documentos, esclarecimentos sobre como estão sendo tratados os profissionais que estão na linha de frente, durante o período de pandemia do Covid-19.

Todos os documentos que o deputado apresentou em relação ao assunto citado foram encaminhados para o governador, Mauro Mendes, com cópias ao Secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante e para o Secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo. Neles, são cobradas maiores informações quanto a prevenção ao COVID-19 dos Policiais e Bombeiros Militares, Policiais Penais, Policiais Civis e Servidores da Saúde Estadual, assim como em relação aos equipamentos de proteção individual e materiais preventivos, tais como: luvas, máscaras, álcool em gel.

“Vergonhosamente, a Secretária de Segurança Pública encaminhou uma resposta contraditória ao cenário que estamos vivenciando. Em 24 horas, perdemos dois grandes profissionais: o sargento Duarte, da cidade de Primavera do Leste, além do sargento Salvaterra, da Força Tática da cidade de Várzea Grande. Os dois eram policiais que estavam trabalhando no enfrentamento contra esse vírus que tem destruído vidas”, disse Elizeu.

Segundo a resposta, encaminhada pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) para o gabinete do deputado Elizeu Nascimento, foram adquiridos Equipamentos de Proteção Individual (EP’Is), através de doações e também através de um processo de aquisição com recursos do Estado, já com a distribuição por unidades de Segurança Pública. No documento ainda diz que as doações estão suprindo as necessidades das Unidades Desconcentradas, sendo que o processo de aquisição demandado pela Secretaria se encontra em andamento, bem como a distribuição por parte de Ministério da Justiça e Segurança (MJSP).

“A resposta que recebi é muito contraditória. Pessoas estão morrendo. Irmãos de farda morrendo. É preciso sim, saber como o governo está cuidando destes profissionais. O momento é de muita tensão, pois sempre recebo informações de que alguns equipamentos de proteção estão faltando em algumas unidades de segurança e também de saúde”, expôs o parlamentar.

Compartilhe este post!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️